• Higienópolis 11 3667-5545
  • Pinheiros 11 3064-2528
  • 1199698-7613
  • A depilação com cera pode aumentar os vasos?
    Ainda não existem estudos que comprovam essa teoria. Por ser o pelo um anexo epidérmico, este procedimento não causa e tão pouco aumenta o número de vasinhos.
  • As veias que são retiradas com a cirurgia não fazem falta para a circulação?
    Não, as veias retiradas são doentes e já não ajudam no retorno venoso. Além do mais, somente 20% da circulação da perna é feita pelas veias superficiais onde estão as varizes.
  • Drenagem linfática pode ser feita em gestante?

    Claro, uma das indicações mais frequentes é em gestantes, já que é comum ocorrer o inchaço nas pernas durante a gestação por causa dos hormônios gestacionais, vasodilatação ocasionada na gestação e sobrecarga das veias pela compressão do bebê no abdômen.

  • É normal sentir dor durante a drenagem linfática?
    Não. A finalidade da drenagem é coletar os líquidos acumulados entre as células, colocá-los nos vasos capilares e, por meio de variados movimentos suaves, fazê-los se movimentar para que sejam eliminados.
  • Os vasinhos podem se tornar varizes com o tempo? Qual a diferença? 
    Não, os vasinhos são novas formações vasculares atípicas da derme e varizes são veias que já existiam que se tornaram insuficientes. As varizes são mais calibrosas (mais que 4 mm) e profundas. Os fatores de risco para o aparecimento e evolução de varizes e vasinhos são semelhantes, e por isso, comumente aparecem em conjunto.
  • Quais são os fatores de risco da doença arterial periférica?
    • Tabagismo
    • Diabetes
    • Obesidade
    • Hipertensão
    • Colesterol elevado
    • Idade avançada, geralmente acima dos 50 anos
    • Histórico familiar de doença arterial periférica, doença cardíaca ou acidente vascular cerebral (AVC)
    • Altos níveis de homocisteína, um componente de proteína que ajuda a construir e sustentar um tecido
  • Quais são os sintomas das varizes?
    • dor e sensação de pernas pesadas e desconfortáveis, muitas vezes associado com coceira
    • pés e tornozelos inchados
    • cãibras musculares nas pernas
    • alteração da pele seca e descamativa, manchas escuras, feridas e até mesmo úlceras da perna
  • Qual o período de recuperação após a aplicação da toxina botulínica?
    Não é necessário nenhum período de recuperação, portanto o paciente pode retornar às suas atividades diárias imediatamente.
  • Quanto tempo devo ficar sem tomar sol após a escleroterapia?
    Recomenda-se pelo menos 48 horas. Se tiver uma viagem ou passeio programado em que a exposição seja inevitável, recomenda-se o uso de bloqueador solar fator 30.

Agende sua consulta

Higienópolis - São Paulo

Av. Angélica 916, conj. 1002 e 1005
Tel.: 11 3667-5545 | 3666-3140

Pinheiros - São Paulo

Rua João Moura 627, conj 63
Tel.: 11 3064-2528 | 3083-3115

Agende sua consulta